InternacionalPioneirismoReligião

O PRIMEIRO PADRE SURDO DA AMÉRICA LATINA É DE JUIZ DE PHODA

 

Mais um título que elucida ao Mundo nosso pioneirismo pelas mais diversas categorias… “O primeiro Padre Surdo da América Latina é de Juiz de Phoda”. Monsenhor Vicente de Paulo Penido Burnier nasceu em 1921 e desde cedo se mostrava determinado a exercer seus dons para o sacerdócio e se tornou um extraordinário exemplo de superação não só para a cidade, mas para todo o Mundo.

Formado em Teologia e Filosofia, o jovem Monsenhor que já tinha passado por todas as etapas para se tornar padre, precisou ir até ao Vaticano em Outubro de 1950 solicitar pessoalmente ao Papa Pio XII a exclusão do impedimento canônico da lei que proibia deficientes auditivos de trabalharem como párocos. Felizmente, o pontífice de maior cargo na Igreja Católica percebeu o brilhantismo de Monsenhor e em em 31 de janeiro de 1951, atendeu ao seu pedido oficialmente.

O padre juizphodano a partir de então iniciou seus trabalhos cristãos e realizou missas, casamentos e até atendeu incrivelmente no Confessionário. Falecido em 2009, seu legado influenciou uma profunda reflexão na CNBB e deu forças para a criação da Pastoral dos Surdos do Brasil.

Fonte:

CNBB: Mons. Burnier: falece primeiro padre surdo da América Latina

Site Canção Nova: Falece o Primeiro Padre Surdo da América Latina

Deixe uma resposta